Arquivo da categoria: multi-mistura

Alimentação Sustentável. A Multi-mistura

Apesar de curto, o documentário é dividido em 5 partes:

1- Saúde na Alimentação
Mostra que “fome oculta” (quantidade e pouca qualidade) está mais ligada à cultura do que à falta de alimentos. Comendo alimentos de qualidade, em vez da alimentação pobre industrializada, se pode economizar 30% do orçamento familiar.
Os alimentos para os grandes centros urbanos geralmente vem da monocultura,que traz o seguintes prejuízos: êxodo rural, pouca variedade de alimentos, uso de sementes manipuladas geneticamente, empobrecimento e contaminação dos alimentos, do solo e da água, sem falar no desperdício no transporte e armazenagem, que é responsável pela perda de 40% de tudo o que se produz.

2- A Multimistura
A dra. Clara Brandão, nutróloga e pediatra, pesquisou anos a fio até descobrir componentes hiper-nutritivos, baratos e eficientes. Se tornou o pesadelo das farmacêuticas e planos de saúde, tanto é que há um Lobby imenso das mesmas para tentar proibir sua ação no Brasil. Veja o maravilhoso caso do Centro Comunitário da Criança, que vivia com o problema da desnutrição, e que depois da multimistura, além de ter suas crianças extremamente saudáveis, gera renda com a venda da mesma.
Na palestra da nutróloga em que o docverdade esteve presente, viemos a saber que o programa Multimistura está sendo aplicado em estados do Brasil, em dezenas e dezenas de países da África, Ásia e América Latina, acabando com casos extremos de quase morte por desnutrição à vida saudável e sem cáries. Clara Brandão recebeu vários prêmios internacionais, inclusive da Unesco.

3- Como fazer a Multimistura
Pó de Folhas verdes escuras (mandioca, batata-doce, abóbora, hortelã ou chuchu, etc.), Farelo de trigo, farelo de arroz, pó de sementes (de gergelim, girasol, melão ou abóbora) são os ingredientes da Multimistura. Essa parte ensina passo-a-passo a como preparar cada ingrediente, mostrando também a quantidade de nutrientes de cada um (ex.: a folha da mandioca contém 180 vezes mais vitamina A que o leite, as folhas da abóbora contém 4 vezes mais cálcio)

4- Aproveitamento Alimentar
Nas cascas, talos, folhas e sementes é onde estão as principais fontes de nutrientes. Saiba como utilizar.

5- Hortas Perenes
As plantações nativas de cada região quase sempre são as mais saudáveis e muito resistentes, de fácil reprodução e plantação, menos sujeitas às pragas e consequentemente menos dependentes de insumos químicos.


Assista!