Arquivo da categoria: Física Quântica

O Ativista Quântico,de Amit Goswami (doc.)

Há uma revolução em andamento na ciência. Uma verdadeira mudança de paradigma. Você está preparado?

A origem de muitos problemas do mundo moderno está na ideia materialista de que há uma oposição entre espírito e matéria. A boa notícia é que essa aparente contradição se desfaz com o surgimento de um novo modelo científico fundamentado na física quântica.

Em O Ativista Quântico, Amit Goswami, um dos cientistas que protagonizou o filme Quem Somos Nós, desvenda o novo paradigma ao explicar, de forma acessível, os fundamentos da física quântica e o potencial ilimitado da consciência.

O documentário narra também a jornada de transformação pessoal de Goswami, um materialista convicto que, após uma série de questionamentos e revelações, restaurou a ponte entre ciência espiritualidade ao provar cientificamente a existência de Deus.

O filme é, ainda, um convite ao ativismo quântico, a uma nova postura capaz de transformar, simultaneamente, nossa realidade pessoal e nossas instituições sociais. Um verdadeiro comprometimento com o mundo em que vivemos e com a nossa própria felicidade.

Amit Goswami

 

Aparecimento da Virgem de Fátima

 Este Milagre foi diante dos olhos de mais de 30 mil pesoas, é algo surpreendente aos olhos mais céticos. Recomendo que todos assistam.

Este documentário é bastante interessante pra quem questiona à respeito de Deus e Suas Inúmeras Formas de Manifestações.

É também mencionado o cantar ou orar através de contas como o rosário e a Japa-mala:

Vaisnavismo (Hare Krishna)

Devotos iniciados usam um rosário denominado japa-mala, composto de 108 contas feitas da madeira tulasi. Eles comprometem-se a cantar um mínimo de 16 voltas do rosário diariamente, o que corresponde a cantar Hare Krishna 1728 vezes por dia.

Catolicismo

O Rosário Católico: É mais familiar aos ocidentais. O terço normalmete vem com um conjunto de cinco ou quinze agrupamentos de dez contas, com um crucifixo e uma medalha da Virgem Maria. A origem do rosário no Cristianismo vem dos povos do deserto que contavam suas preces passando pequenas pedrinhas de um saquinho para outro. O terço completo de 150 contas foi criado para auxiliar o monge em sua recitação dos 150 Salmos. Os Cristãos mais neófitos o usam para contar as recitações do Pai Nosso e da Ave Maria.

Cristãos Anglicanos

É mais recente, dos anos 80. Possui quatro jogos de sete contas e normalmente trazem uma cruz no lugar do crucifixo.

Cristãos Ortodoxos

Também usam contas de orações(o Chotkit), ou ainda, uma corda de orações feitas de lã, com 33, 50, 100, ou 300 contas.


Budismo

O Mala é um cordão com 108 contas com uma franja. As 108 contas correspondem ao número dos desejos mundanos que um discípulo tem que subjugar. O Mala Hindu, igualmente possui as 108 contas, mais uma, considerada como o “que não se nomeia” e é considerado a forma mais antiga das contas de orações.

Sufismo e Islamismo

O Subha ou o tasbi, como é conhecido o rosário mulçumano, pode ser feito de madeira, madrepérola, metais e pedras preciosas, com ricos significados dentro da astrologia islâmica, contem 99 ou 33 contas.

Umbanda e Camdomblé

 As contas são feitas de pedras ou materiais naturais, e cada pessoa tem o seu rosário particular, condicionado com as cores correspondentes ao nível de desenvolvimento espiritual e à vibração energética. Segundo eles, servem para proteger e manter boas energias.



ENTREVISTA AO FÍSICO QUÂNTICO AMIT GOSWAMI

O programa Roda Viva (Tv Cultura) entrevistou o físico nuclear indiano AMIT GOSWAMI. Considerado um importante cientista da atualidade ele tem instigado os meios acadêmicos com sua busca de uma ponte entre a ciência e a espiritualidade. Amit Goswami vive nos Estados Unidos. É PHD em física quântica e professor titular de física da Universidade de Oregon. Há mais de quinze anos está envolvido em estudos que buscam construir o ponto de união entre a física quântica e a espiritualidade. Já foi rotulado de místico, pela comunidade científica, e acabou acalmando os críticos através de várias publicações técnicas a respeito de suas idéias. Em seu livro O UNIVERSO AUTOCONSCIENTE – publicado no Brasil – ele procura demonstrar que o Universo é matematicamente inconsistente sem a existência de um conjunto superior – no caso, DEUS. E diz que, se esses estudos se desenvolverem, logo no início do terceiro milênio Deus será objeto de ciência e não mais de religião.






Somos Todos Um (doc)