Arquivo mensal: agosto 2011

Cakras. Definições e mantras


Muladhara





Muladhara chacra


(Chacra Raiz)

Nome em sânscrito: MULADHARA (“Base e fundamento”; “Suporte”)

Mantra: Lam.

Localização: Base da Espinha.

Cor: Vermelho.

Elemento: Terra.

Funções: Traz vitalidade para o corpo físico.

Qualidades Positivas: Coragem, Estabilidade. Individualidade, Paciência, Saúde, Sucesso e Segurança.

Qualidades Negativas: Insegurança, Raiva, Tensão e Violência.

O primeiro chacra (conhecido como Chacra Base ou Raiz), situado na base da espinha dorsal, relaciona-se com o poder criador da energia sexual. Quando esse chacra está enfraquecido indica distúrbios da sexualidade ou disfunções endócrinas. Quando excessivamente energizado, indica excesso de hormônios, sexualidade exacerbada ou até mesmo a presença de um tumor no local.




Svadhisthana





Swadhisthana chacra


(Chacra órgão genital e base da barriga)

Nome em sânscrito: SWADHISTANA (“Morada do Prazer”)

Mantra: Mam.

Localização: Abaixo do umbigo.

Cor: Laranja.

Elemento: Água.

Funções: Força e vitalidade física.

Qualidades Positivas: Assimilação de novas ideias, Dar e Receber, Desejo, Emoções, Mudanças, Prazer, Saúde e Tolerância.

Qualidades Negativas: Confusão, Ciúme, Impotência, Problemas da bexiga e Problemas Sexuais.

O segundo chacra também chamado esplênico, sacro ou do baço, é responsável pela energização geral do organismo, e por ele penetram as energias cósmicas mais sutis, que a seguir são distribuídas pelo corpo. Quando esse chacra é estimulado, propicia uma boa captação energética.




Manipura





Manipura chacra


(Chacra do umbigo)

Nome em sânscrito: MANIPURA (“Cidade das Jóias”)

Mantra: Ram.

Localização: Zona da barriga.

Cor: Amarelo.

Elemento: Fogo.

Funções: Digestão, emoções e metabolismo.

Cristais: Âmbar, Olho de Tigre e Ouro.

Qualidades Positivas:
Auto controle, Autoridade, Energia, Humor, Imortalidade, Poder pessoal e Transformação.

Qualidades Negativas: Medo, Ódio, Problemas digestivos e Raiva.

O terceiro chacra (conhecido como Chakra do Plexo Solar) localiza-se na região do umbigo ou do plexo solar, e está relacionado com as emoções. Quando muito energizado, indica que a pessoa é voltada para as emoções e prazeres imediatos. Quando fraco sugere carência energética, baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e a possibilidade de doenças crônicas.




Anahata





Anahata chacra


(Chacra cardíaco)

Nome em sânscrito: ANAHATA (“Invicto”; “Inviolado”)

Mantra: Yam.

Localização: Coração.

Cor: Verde (cura e energia vital); Rosa (Amor).

Elemento: Ar.

Funções: Energiza o sangue e o corpo físico.

Qualidades Positivas: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz.

Qualidades Negativas: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação.

O quarto chacra situa-se na direção do coração. Relaciona-se principalmente com o timo e o coração. Sua energia corresponde ao amor e à devoção, como formas sutis e elevadas de emoção. Quando ativado desenvolve todo o potencial para o amor altruísta. Quando enfraquecido indica a necessidade de se libertar do egoísmo e de cultivar maior dedicação ao próximo. No aspecto físico, também pode indicar doenças cardíacas.





Visuddha





Visuddha chacra


(Chacra Laríngeo)

Nome em sânscrito: VISHUDDA (“O purificador”)

Mantra: Ham.

Localização: Na garganta.

Cor: Azul claro.

Elemento: Éter.

Funções: Som, vibração, comunicação.

Qualidades Positivas: Comunicação, Criatividade, Conhecimento, Honestidade, Integração, Lealdade e Paz.

Qualidades Negativas: Depressão, Ignorância e Problemas na comunicação.

O quinto chacra fica na frente da garganta e está ligado à tireóide. Relaciona-se com a capacidade de percepção mais sutil, com o entendimento e com a voz. Quando desenvolvido, de forma geral, indica força de caráter, grande capacidade mental e discernimento. Em caso contrário, pode indicar doenças tireoidianas e fraquezas de diversas funções físicas, psíquicas ou mentais.

Ajña





Ajña chacra


(Chacra Frontal)

Nome em sânscrito: AJÑA (“O Centro de comando”)

Mantra: Om.

Localização: Na testa, entre as sobrancelhas.

Cor: Azul índigo.

Elemento: Todos os elementos.

Funções: Revitaliza sistema nervoso e a visão.

Qualidades Positivas: Concentração, Devoção, Intuição, Imaginação, Realização da alma e Sabedoria.

Qualidades Negativas: Dores de cabeça, Medo, Problema nos olhos, Pesadelos e Tensão

O sexto chacra situa-se no ponto entre as sobrancelhas. Conhecido como “terceiro olho” na tradição hinduísta, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Enfraquecido aponta para um certo primitivismo psico-mental ou, no aspecto físico, para tumoração craniana.





Sahasrara




Sahasrara padma


(Chacra Coroa)

Nome em sânscrito: SAHASRARA (“O Lótus das mil pétalas”)

Mantra: Aum.

Localização: No topo da cabeça, bem no centro.

Cor: Violeta e Branco.

Elemento: Todos os elementos.

Funções: Revitaliza o cérebro.

Qualidades Positivas: Percepção além do tempo e do espaço. Abre a consciência para o infinito.

Qualidades Negativas: Alienação, Confusão, Depressão e Falta de Inspiração.

O sétimo é o mais importante dos chakras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na tradição indiana por uma flor-de-lótus de mil pétalas na cor violeta. Através dele recebemos a luz divina. A tradição de coroar os reis fundamenta-se no princípio da estimulação deste chakra, de modo a dinamizar a capacidade espiritual e a consciência superior do ser humano.

 

Gurulândia – O mercado dos "gurus"


O setor da economia que mais cresce no país é a indústria de gurus. Conheça o “dream team” brasileiro dos palpiteiros profissionais

03.02.2009 | Texto por Kátia Lessa
Revista TRIP

Foi-se o tempo em que guru era aquele que andava descalço, vestia túnica longa de algodão laranja e desfilava de forma renunciada à matéria. Hoje, os homens que escrevem o futuro de políticos, grandes empresários e famílias milionárias capricham no terno, no topete e no barulhinho incessante da máquina registradora.

O que DeRose, autodenominado mestre de ioga há 30 anos, tem em comum com o psiquiatra Roberto Shinyashiki e com a fisioterapeuta Leila Navarro? Talvez nada? Certa a resposta. Menos ainda com o exe­cutivo Waldir Corrêa. Mas, ao lado de uma longa lista de profissionais das mais diversas áreas, que vão da medicina ao mercado financeiro, eles formam o “dream team” de palpiteiros profissionais.

De olho na demanda por conselhos que vêm de anos de experiência, ou apenas de uma habilidade de oratória aliada a uma boa dose de autoconfiança, esses caras movimentam milhares de reais por ano para lhe mostrar a luz, contar o segredo do sucesso ou até mesmo provar que você é do tamanho do seu sonho.

Palestras que chegam a custar R$ 15 mil, livros e mais livros nas prateleiras de auto-ajuda – que encabeçam as listas dos mais vendidos do país – e agora DVDs formam a indústria dos novos gurus. Precisa turbinar a sua carreira, sua vida pessoal ou sua conta bancária? Ligue já!

De Rose, o mestre zen DeRose
O mestre zen

De Rose, o mestre zen DeRose
o mestre zen

Nome e idade: Luiz Sérgio Alvares De Rose, 64 anos

Bio: Autodenominado mestre de ioga. Há mais de 20 anos, DeRose não trabalha com alunos, mas dedica-se a lecionar para profissionais das áreas de saúde, bem-estar, qualidade de vida e formação profissional

Obras: 20 livros com mais de 1 milhão de exemplares vendidos

Seguidores: Profissionais liberais, executivos, políticos e artistas

Que tipo de orientação as pessoas mais buscam com você? Todos buscam qualidade de vida, mas não sabem exatamente o que isso significa. O que eles desejam é maximizar seu rendimento sem sacrificar sua vida pessoal, suas relações afetivas ou sua saúde

Palestras:
Média de três palestras por mês.
Preço médio: de R$ 5 mil a R$ 10 mil. Para entidades humanitárias, filantrópicas ou filosóficas não cobra nada

Linha que segue: Guru zen

O que faz de você um guru? “Não me considero um guru. Sou um profissional da área de qualidade de vida. Tenho quase 50 anos de experiência no Brasil e em vários países, com bons resultados obtidos”


Waldir Corrêa, o mago das finanças Waldir Corrêa
O mago das finanças


Nome e idade: Waldir Luiz Corrêa, 59 anos

Bio: Ex-executivo financeiro de inúmeras empresas brasileiras e americanas. Pós-graduado em Stanford, foi presidente do iBest e da Animec (Associação Nacional dos Investidores em Mercado de Capitais). Atuou como consultor e conselheiro fiscal de mais de 20 empresas e trabalha na gestão de carteiras particulares

Obras: Pretende escrever um livro sobre os casos mais polêmicos que envolveram grandes empresas

Palestras:
Preço: ganha dinheiro através das consultorias com clientes que consegue em palestras gratuitas

Quantas por mês: duas palestras e de cinco a dez reuniões de aconselhamento com empresas

Seguidores: Usineiros, banqueiros e donos de empresas de ônibus, além de famílias milionárias

Que tipo de orientação as pessoas mais buscam com você? O mercado financeiro é muito sofisticado e está cheio de investidores jovens, que podem arruinar grandes negócios. Eu tenho a experiência que eles procuram

Linha que segue: Guru financeiro

O que faz de você um guru? “A experiência que eu tenho no mercado. Sei exatamente como funcionam as maiores empresas, como Petrobras, AmBev e todas as mineradoras. Além disso, já participei da resolução de mais de 130 casos polêmicos no meio empresarial”


Leila Navarro, guru motivacional Leila Navarro
O guru motivacional

Nome e idade: Leila Maria Fernandes Navarro, 56 anos

Bio: Fisioterapeuta formada pela USP e especializada em medicina comportamental pela Escola Paulista de Medicina. É empre­sária e presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Capital Humano (Ipedesch)

Obras: Nove livros sobre autoconhecimento e desenvolvimento humano

Linha que segue: Guru motivacional

Palestras:
Preço: R$ 15 mil
Quantas por mês: média de 13 no Brasil, além de 30 por ano no exterior

Seguidores: Bancos Itaú e Bradesco, Johnson, Nextel, Vivo, Rádio Globo, Gafisa, FIEMG, Ciesp, Arezzo, Aché

Que tipo de orientação as pessoas mais buscam com você? As pessoas querem que eu lhes mostre a felicidade, o conhecimento e o sucesso, mas isso é um engano, pois tudo já está dentro delas. O autoconhecimento e a autoconfiança podem fazer milagres na vida de um ser humano

O que faz de você um guru? “Foco meu trabalho em autoconfiança, automotivação e autoconhecimento. Minhas palestras são uma injeção de ânimo e atitude nas pessoas. Sou conhecida como um Viagra empresarial”


César Souza, guru de liderança César Souza
O guru da liderança

Nome e idade: Carlos César da Silva Souza, 56 anos

Bio: Foi executivo durante 20 anos no Brasil e no exterior e há dez começou a consultoria Empreenda com outros sócios. Já falou para 8 mil pessoas numa empresa siderúrgica, para 6 mil pessoas numa grande empresa automobilística e para mais de 3 mil pessoas num campo de futebol no interior da Bahia

Obras: Três livros. O primeiro, Você é do tamanho dos seus sonhos, vendeu mais de 150 mil exemplares

Palestras:
Preço: R$ 15 mil, pagos à Empreenda e não ao palestrante
Quantas por mês: no mínimo quatro, no máximo oito. Mas já chegou a fazer 12

Seguidores: Accor, Nestlé, Petrobras, Siemens, Sebrae

Que tipo de orientação as pessoas mais buscam com você? As pessoas buscam descobrir o líder que existe dentro de si mesmas. Querem inspiração para criatividade, inovação e dicas para transformar sonhos em realidade

Linha que segue: Guru da liderança

O que faz de você um guru? “Nessa sociedade de alta especialização, em que cada um cuida apenas de sua parte, sou percebido como um profissional de pensamento integrador, que alia intuição e intelecto, arte e ciência, teoria e prática, emoção e razão”


Roberto Shinyashiki, guru do sucesso Roberto Shinyashiki
O guru do sucesso

Nome e idade: Roberto Shinyashiki, 56 anos

Bio: Psiquiatra com pós-graduação em gestão de negócios (MBA – USP) e doutor em administração de empresas pela USP

Obras: Autor de 14 livros, nove deles já venderam juntos mais de 6,5 milhões de exemplares no Brasil, na América Latina, na Europa e no Japão. Produziu ainda dois DVDs

Linha que segue: Guru do sucesso

Palestras:
Preço: não divulgado
Quantas por mês: média de seis.

Seguidores: Dimitrios Markakis, presidente da De Cicco

Que tipo de orientação as pessoas mais buscam com você? Caminhos para suas carreiras e idéias inovadoras para empresas

O que faz de você um guru? “Sou palestrante há mais de 30 anos e, devido à minha formação em psiquiatria, eu entendo de gente. Mas, além de pessoas, estudei muito sobre o mundo dos negócios”

Fonte: Revista TRIP – Texto por Kátia Lessa 

Yoga não é o que a maioria pensa que é









Todos os dias, aumenta aos milhares o número de pessoas interes­sadas em praticar yoga e meditação. Infelizmente, uma pessoa que esteja buscando um guia adequado provavelmente encontrará um cortejo desorientador de gurus mágicos e de estilo próprio, e de deuses autoproclamados. Em entrevista cedida à London Times, Srila Prabhupada explica como um buscador sincero pode saber a diferença entre um farsante e um guia espiritual genuíno.

Repórter: Sua Graça, parece que, mais do que nunca, as pessoas estão buscando algum tipo de vida espiritual. Gostaria de saber se o senhor poderia explicar o porquê.


Srila Prabhupada: O desejo de vida espiritual é um anseio abso­lutamente natural. Por sermos almas espirituais, não podemos ser fe­lizes na atmosfera material. Se você tira um peixe da água, ele não pode ser feliz em terra. Analogamente, se não temos consciência espiritual, não podemos ser felizes. Atualmente, muitas pessoas estão a buscar por avanço científico e desenvolvimento econômico, mas elas não são felizes porque essas não são as verdadeiras metas da vida. Muitos jovens estão compreendendo isso, e estão rejeitando a vida materialista e tentando buscar a vida espiritual. Na verdade, essa é a busca correta. A consciência de Krsna é a meta correta da vida. A menos que você adote a consciência de Krsna, não poderá ser feliz. Isto é um fato. Por isso, convidamos todos ao estudo e ao entendimento deste grande movimento.


Repórter: O que francamente me preocupa é que, desde a chegada à Inglaterra, há algum tempo, de um yogi indiano, que foi o pri­meiro “guru” de que se teve notícia, começaram a aparecer, repentinamente, muitos gurus. Algumas vezes, tenho o sentimento de que nem todos eles são tão genuínos como deveriam ser. Seria correto ad­vertir as pessoas que estão pensando em aceitar a vida espiritual que elas devem se precaver de modo a encontrar um guru genuíno para ensiná-las o conhecimento?


Srila Prabhupada: Sim. Evidentemente, buscar um guru é muito bom, mas, se você quiser um guru barato, ou se quiser ser enganado, então encontrará muitos gurus enganadores. Porém, se você for sincero, encontrará um guru sincero. Porque as pessoas querem tudo muito barato, elas são enganadas. Nós pedimos a nossos estudantes que se abstenham do sexo ilícito, do comer de carne, dos jogos de azar e da intoxicação. As pessoas acham que isso é muito difícil – incômodo. Mas se outro indivíduo diz: “Faça qualquer disparate que você queira e simplesmente use este mantra”, então as pessoas gostarão dele. O fato é que as pessoas querem ser enganadas, e, para tanto, os enganadores aparecem. Ninguém quer submeter-se a austeridades, devido a que surgem os enganadores e dizem: “Nada de austeridade. Faça o que quiser. Simplesmente me pague e eu lhe darei um mantra e você se tor­nará Deus dentro de seis meses”. É isso o que está acontecendo. Se você quiser ser enganado dessa maneira, os enganadores virão.

Repórter: O que o senhor diz da pessoa que seriamente quer encontrar a vida espiritual, mas que acaba aceitando o guru errado?

Srila Prabhupada: Se você quer apenas uma educação ordinária, você tem que devotar muitíssimo tempo, esforço e entendimento para isso. De modo semelhante, se você vai aceitar a vida espiritual, você tem que ser sério. Como é possível que, simplesmente através de alguns mantras maravilhosos, alguém possa se tornar Deus dentro de seis meses? Por que as pessoas querem algo assim? Isso significa que elas querem ser enganadas.
 

Repórter: Como pode uma pessoa saber que tem um guru genuíno?

Srila Prabhupada: Algum de meus estudantes pode responder a essa pergunta?

Discípulo: Eu me lembro que uma vez John Lennon perguntou ao senhor: “Como saberei quem é o guru genuíno?”. E o senhor res­pondeu: “Simplesmente encontre aquele que é mais dedicado a Krsna. Este é genuíno”.

Srila Prabhupada: Sim. O guru é representante de Deus, e ele fala sobre Deus, e nada mais. O guru genuíno é aquele que não tem nenhum interesse na vida materialista. Ele quer Deus, e somente Deus. Este é um dos testes de um guru genuíno: brahma-nistham. Ele está absorto na Verdade Absoluta. No Mundaka Upanisad, afirma-se: srotriyam brahma-nistham: “O guru genuíno é bem ver­sado nas escrituras e no conhecimento védico, e é completamente dependente de Brahman”. Ele deve saber o que é Brahman [espírito] e como situar-se em Brahman. Esses sinais são dados na literatura védica. Como eu disse antes, o verdadeiro guru é representante de Deus. Ele representa o Senhor Supremo, assim como o vice-rei re­presenta o rei. O guru verdadeiro não inventará nada. Tudo o que ele diz está de acordo com as escrituras e com os acaryas anteriores. Ele não lhe dará um mantra e dirá que você vai se tornar Deus den­tro de seis meses. Essa não é a missão do guru. A missão do guru é convencer todos a se tornarem devotos de Deus. Essa é a essência da missão do guru verdadeiro. De fato, ele não tem outra coisa a fazer. Quem quer que ele veja, ele diz: “Por favor, torne-se consciente de Deus”. Se, de alguma forma, ele fala em nome de Deus, tentando fazer com que todos se tornem devotos de Deus, ele é um guru genuíno.

Repórter: E o que o senhor me diz do sacerdote cristão?

Srila Prabhupada: Cristão, maometano, hindu – não importa. Se ele apenas fala em nome de Deus, ele é guru. O senhor Jesus Cristo, por exemplo, doutrinava o povo dizendo: “Tentem amar a Deus”. Qualquer um – não importa quem, não importa se é hindu, muçulmano ou cristão – é guru caso convença as pessoas a amarem a Deus. Esse é o teste. O guru nunca diz: “Eu sou Deus”, ou “eu vou transformá-lo em Deus”. O guru verdadeiro diz: “Eu sou servo de Deus e vou transformá-lo em servo de Deus também”. Não importa como o guru esteja vestido. Como Caitanya Mahaprabhu dizia: “Quem quer que possa transmitir conhecimento sobre Krsna é mestre espiritual”. O mestre espiritual genuíno simplesmente tenta fazer com que as pessoas se tornem devotos de Krsna, ou Deus. Ele não tem outro afazer.

Repórter: Mas os gurus ruins…

Srila Prabhupada: E o que é um guru ruim?

Repórter: O guru ruim quer apenas dinheiro e fama.

Srila Prabhupada: Bem, se ele é ruim, como pode se tornar guru? (risos) Como pode o ferro tornar-se ouro? Na verdade, o guru não pode ser ruim, pois se alguém é ruim, não pode ser guru. Você não pode dizer “guru ruim”. Isso é uma contradição. O que você pode fazer é simplesmente tentar entender o que é um guru genuíno. A definição de guru genuíno é que ele fala apenas de Deus. Isso é tudo. Se ele fala de algum disparate, ele não é guru. O guru não pode ser ruim. Não é possível haver um guru ruim, assim como não pode haver um guru vermelho ou um guru branco. Guru significa “guru genuíno”. Tudo o que precisamos sa­ber é que o guru genuíno fala apenas de Deus e tenta fazer com que todos se tornem devotos de Deus. Se ele faz isso, ele é genuíno.

Repórter: Se eu quisesse ser iniciado em sua sociedade, o que precisaria fazer?

Srila Prabhupada: Primeiramente, você teria de abandonar a vida sexual ilícita.

Repórter: Isso inclui todo tipo de vida sexual? O que é sexo ilícito?

Srila Prabhupada: Sexo ilícito é sexo feito fora do matrimônio. Os animais fazem sexo sem restrições, mas, na sociedade humana, há restrições. Em todos os países e em todas as religiões, há al­guma espécie de restrição da vida sexual. Você também teria de abandonar todos os intoxicantes, incluindo chá, cigarros, álcool, maconha – qualquer coisa que intoxique.

Repórter: Mais alguma coisa?

Srila Prabhupada: Você teria também de deixar de comer carne, ovos e peixes. E teria que deixar de jogar também. A menos que você deixasse essas quatro atividades pecaminosas, não poderia ser iniciado.

Repórter: Quantos seguidores o senhor tem em todo o mundo?

Srila Prabhupada: Para algo genuíno, não pode haver muitos seguidores. Para algo imundo, pode haver muitos seguidores. Mesmo assim, temos cerca de cinco mil discípulos iniciados.

Repórter: O movimento da consciência de Krsna está cres­cendo constantemente?

Srila Prabhupada: Sim, está crescendo, mas devagar. Isto porque impomos muitas restrições. As pessoas não gostam de restrições.

Repórter: Onde o senhor tem mais seguidores?

Srila Prabhupada: Nos Estados Unidos, na Europa, na América do Sul e na Austrália. E, evidentemente, na Índia há milhões de pessoas que praticam a consciência de Krsna.

Repórter: O senhor poderia me falar sobre a meta de seu movimento?

Srila Prabhupada: O objetivo deste movimento da consciência de Krsna é despertar a consciência original do homem. No momento atual, nossa consciência está sob designações. Há quem pense: “Eu sou inglês”, e há quem pense: “Eu sou americano”. Na verdade, não pertencemos a nenhuma dessas designações. Somos todos partes integrantes de Deus; essa é a nossa verdadeira identi­dade. Se todos chegassem a essa consciência, todos os problemas do mundo seriam solucionados. Nós, então, saberíamos que so­mos unos, na mesma qualidade de alma espiritual. A mesma quali­dade de alma espiritual está dentro de todos, embora possa estar revestida de formas diferentes. Essa é a explicação dada no Bhagavad-gita.

Na verdade, a consciência de Krsna é um processo purificatório (sarvopadhi-vinirmuktam). Seu propósito é libertar as pessoas de todas as designações (tat-paratvena nirmalam). Quando nossa consciência se purifica de todas as designações, as atividades que executamos com nossos sentidos purificados nos fazem perfeitos. Chegamos, por fim, à perfeição ideal da vida humana. A consciência de Krsna também é um processo muito simples. Não é necessário tornar-se um grande filósofo, cientista ou o que quer que seja. Precisamos apenas cantar o santo nome do Senhor, entendendo que Sua personalidade, Seu nome e Suas qualidades são todos absolutos.

A consciência de Krsna é uma grande ciência. Infelizmente, não há um departamento nas universidades para esta ciência. Por isso, convidamos todos os homens sérios que estejam interessados no bem-estar da sociedade humana a entenderem este grande movi­mento e, se possível, participarem dele e cooperarem conosco. Os problemas do mundo serão resolvidos. Este também é o veredicto do Bhagavad-gita, o mais importante e autorizado livro de conhecimento espiritual. Muitos de vocês já ouviram falar do Bhagavad-gita. Nosso movimento baseia-se nesse livro. Nosso movimento é aprovado por todos os grandes acaryas da Índia. Ramanujacarya, Madhvacarya, o Senhor Caitanya e muitos outros. Todos vocês são representantes de jornais; por isso, peço-lhes que tentem com­preender este movimento tanto quanto possível para o bem de toda a sociedade humana.

Repórter: O senhor acha que o seu movimento é o único cami­nho para se conhecer a Deus?

Srila Prabhupada: Sim.

Repórter: O que lhe dá essa certeza?

Srila Prabhupada: As autoridades e Deus, Krsna. Krsna diz:

sarva-dharman parityajya
mam ekam saranam vraja
aham tvam sarva-papebhyo
moksayisyami ma sucah


“Abandona todas as variedades de religião e simplesmente rende-te a Mim. Hei de te libertar de todas as reações pecaminosas. Não temas”. (Bhagavad-gita 18.66)

Repórter: “Render-se” significa que o indivíduo teria de deixar sua família?

Srila Prabhupada: Não.

Repórter: Mas suponha que eu estivesse para ser iniciado. Eu não teria de viver no templo?

Srila Prabhupada: Não necessariamente.

Repórter: Eu poderia permanecer em casa?

Srila Prabhupada: Sim, claro.

Repórter: E o trabalho? Eu teria de abandonar o emprego?

Srila Prabhupada: Não, você simplesmente teria de abando­nar seus maus hábitos e cantar o mantra Hare Krsna com estas contas. Isso é tudo.

Repórter: Eu precisaria dar algum apoio financeiro?

Srila Prabhupada: Não, isso é algo voluntário. Se você der, se­rá bom. Se você não der, não fará mal. Não dependemos da contri­buição financeira de ninguém. Dependemos de Krsna.

Repórter: Eu não precisaria dar absolutamente nenhuma contribuição financeira?

Srila Prabhupada: Não.

Repórter: É esse um dos principais pontos que distingue o guru genuíno do guru farsante?

Srila Prabhupada: Sim, o guru genuíno não é um homem de negócios. Ele é o representante de Deus. Tudo o que Deus diz, o guru repete. Ele não fala de outra maneira.

Repórter: Mas o senhor esperaria encontrar um guru verdadeiro, digamos, viajando de Rolls Royce e hospedando-se na suíte de um hotel de primeira classe?

Srila Prabhupada: As pessoas algumas vezes nos oferecem um quarto em um hotel de primeira classe, mas geralmente nós ficamos em nossos próprios templos. Temos mais de cem templos em todo o mundo, de modo que não precisamos ir a nenhum hotel.

Repórter: Eu não estava tentando fazer acusações. Estava ape­nas tentando ilustrar que julgo sua advertência válida. Há muitas pessoas interessadas em encontrar uma vida espiritual, e, ao mesmo tempo, há muitas pessoas interessadas em aproveitar-se do “negócio de guru”.

Srila Prabhupada: Você compartilha da opinião de que vida espiritual signi­fica aceitar voluntariamente a pobreza?

Repórter: Bem, eu não sei.

Srila Prabhupada: Um homem na miséria pode ser um materia­lista, e um homem abastado pode ser muito espiritual. Vida espiri­tual não depende nem de pobreza nem de riqueza. Vida espiritual é algo transcendental. Considere Arjuna, por exemplo. Arjuna era membro de uma família real, mas era um devoto puro de Deus. E, no Bhagavad-gita (4.2), Sri Krsna diz, evam parampara-praptam imam rajarsayo viduh: “Esta ciência suprema foi recebida através da corrente de sucessão discipular, e os reis santos entenderam-na dessa maneira”. No passado, todos os reis que eram santos enten­deram a ciência espiritual. Portanto, a vida espiritual não depende de nossa condição material. Qualquer que seja a condição material de uma pessoa – seja ela um rei ou um indigente –, ela pode entender a vida espiritual. As pessoas, em geral, não sabem o que é vida espiritual, em razão do que elas desnecessariamente nos cri­ticam. Se eu lhe perguntasse o que é vida espiritual, como você responderia?

Repórter: Bem, não estou bem certo.

Srila Prabhupada: Embora você não saiba o que é vida espiri­tual, você ainda diz: “É isto”, ou “é aquilo”. Mas, primeiramente, você deve saber o que é vida espiritual. A vida espiritual começa quando você entende que não é seu corpo. Este é o verda­deiro começo da vida espiritual. Percebendo a diferença entre o seu eu e o seu corpo, você compreende que é uma alma espiritual (aham brahmasmi).

Repórter: O senhor acha que este conhecimento deveria fazer parte da educação de todos?

Srila Prabhupada: Sim. Primeiramente, as pessoas devem aprender o que elas são. Elas são o corpo ou algo além? Este é o começo da educação. Atualmente, todos são educados a pensar que são o corpo. Porque alguém acidentalmente obtém um corpo ame­ricano, ele pensa: “Eu sou americano”. Isto é como pensar: “Eu sou uma camisa vermelha” só porque você está usando uma camisa vermelha. Você não é uma camisa vermelha; você é um ser humano. Analogamente, este corpo é como uma camisa ou um paletó sobre a pessoa verdadeira – a alma espiritual. Se nos reconhece­mos simplesmente por nossa “camisa” ou “paletó” corpóreos, então não temos nenhuma educação espiritual.

Repórter: O senhor acha que essa educação deve ser dada em escolas?

Srila Prabhupada: Sim. Em escolas, faculdades e universi­dades. Há um imenso corpo literário sobre este assunto – um imenso fundo de conhecimento. O que é realmente necessário é que os líde­res da sociedade se prontifiquem a compreender este movimento.

Repórter: Alguma vez o senhor recebeu alguém que anterior­mente tivesse se envolvido com um guru farsante?

Srila Prabhupada: Sim, muitos.

Repórter: A vida espiritual deles foi de alguma forma arruinada pelos gurus farsantes?

Srila Prabhupada: Não, eles estavam genuinamente buscando algo espiritual, e essa era sua qualificação. Deus está dentro do co­ração de todos, e, tão logo alguém O busque genuinamente, Ele ajuda essa pessoa a encontrar um guru genuíno.

Repórter: Alguma vez, os gurus verdadeiros como o senhor ten­taram dar fim aos gurus falsos – isto é, pressioná-los de modo a tirá-los, por assim dizer, do negócio?

Srila Prabhupada: Não, este não é o meu objetivo. Eu comecei este movimento simplesmente cantando Hare Krsna. Em Nova Iorque, eu cantava em um local chamado Tompkins Square Park, e logo as pessoas começaram a vir a mim. Dessa maneira, o movi­mento da consciência de Krsna gradualmente se desenvolveu. Muitos aceitaram e muitos não aceitaram. Aqueles que são afortunados aceitam.

Repórter: Por acaso o senhor não sente que as pessoas são des­confiadas por causa da experiência que tiveram com gurus farsan­tes? Se o senhor fosse a um dentista charlatão e ele lhe quebrasse o dente, talvez o senhor hesitasse ir a outro dentista.

Srila Prabhupada: Sim. Se você foi enganado, você naturalmente fica desconfiado. Contudo, você ter sido enga­nado uma vez não significa que será enganado sempre. Você deve encontrar al­guém que seja genuíno. Mas, para chegar à consciência de Krsna, você tem de ser ou muito afortunado ou bem versado nesta ciên­cia. A partir do Bhagavad-gita (7.3), entendemos que os buscadores genuínos são pouquíssimos, manusyanam sahasresu kascid yatati siddhaye: “Dentre muitos milhões de pessoas, talvez haja uma que es­teja interessada em vida espiritual”. Geralmente, as pessoas estão interessadas em comer, dormir, acasalar-se e defender-se. Como, então, poderíamos esperar encontrar muitos seguidores? Não é di­fícil observar que as pessoas perderam seu interesse espiritual. E quase todos aqueles que estão realmente interessados estão sendo enganados por ditos espiritualistas. Você não pode julgar um mo­vimento simplesmente pelo número de seus seguidores. Se um ho­mem é genuíno, então o movimento é bem-sucedido. Não é uma questão de quantidade, mas de qualidade.

Repórter: Pergunto-me se o senhor teria ideia de quantos têm sido enganados por gurus farsantes.

Srila Prabhupada: Praticamente todos. (risos) Contar está fora de cogitação. Todos.

Repórter: Isso quer dizer milhares de pessoas, não é?

Srila Prabhupada: Milhões. Milhões de pessoas têm sido enga­nadas, porque elas querem ser enganadas. Deus é onisciente. Ele pode entender seus desejos. Ele está dentro de seu coração, e, se você quer ser enganado, Deus lhe envia um enganador.

Repórter: É possível que todos atinjam o estágio de perfeição de que o senhor falou anteriormente?

Srila Prabhupada: Dentro de um segundo. Qualquer um pode alcançar a perfeição dentro de um segundo – contanto que assim o deseje. A dificuldade é que ninguém quer. No Bhagavad-gita (18.66), Krsna diz, sarva-dharman parityajya mam ekam saranam vraja: “Simplesmente rende-te a Mim”. Mas quem se renderá a Deus? Todos dizem: “Oh! Por que eu deveria me render a Deus? Prefiro ser independente”. Se você simplesmente se ren­desse, seria uma questão de segundos. Isso seria tudo. Porém, ninguém quer isso, essa é a dificuldade.

Repórter: Quando o senhor diz que muitas pessoas querem ser enganadas, o senhor quer dizer que muitas pessoas querem conti­nuar com seus prazeres mundanos e, ao mesmo tempo, querem alcançar a vida espiritual cantando um mantra ou segurando uma flor? É isso que o senhor quer dizer com querer ser enganado?

Srila Prabhupada: Sim, é como um paciente pensar: “Continua­rei com minha doença e, ao mesmo tempo, tornar-me-ei saudável”. Isso é contraditório. O primeiro requisito é que recebamos instrução acerca da vida espiritual. Vida espiritual não é algo que pode ser compreendido através de uma conversa de alguns minutos. Há muitos livros de filosofia e teologia, mas as pessoas não estão interessadas neles. Essa é a dificuldade. Por exemplo, o Srimad-Bhagavatam é uma obra muito extensa. Se você tentar ler esse livro, talvez sejam necessários dias inteiros para se entender uma única linha dele. O Bhagavatam descreve Deus, a Verdade Absoluta, mas as pessoas não estão interessadas. E se, por acaso, alguém fica um pouco interessado em vida espiri­tual, ele quer algo imediato e barato. Portanto, ele é enganado. Na verdade, a vida humana é feita para austeridade e penitência. É assim que funciona a civilização védica. Nos tempos védicos, eles treinavam os meninos como brahmacaris; não era permitida a vida sexual até os vinte e cinco anos de idade. Onde podemos encontrar este tipo de educação atualmente? O brahmacari é um estudante que vive uma vida de completo celibato e obedece às ordens de seu guru no gurukula. Agora, as escolas e faculdades estão ensinando sexo desde o começo, e meninos e meninas de doze ou treze anos estão fazendo sexo. Como poderão eles ter vida espiritual? Vida espiritual significa aceitar voluntariamente algumas austeridades de modo a conhecer verdadeiramente Deus. É por isso que insistimos para que nossos estudantes iniciados não façam sexo, não comam carne, não joguem, nem se intoxiquem. Sem essas restrições, qualquer “meditação de yoga” ou dita disciplina espiritual não pode ser genuína – é mera relação comercial entre os enganadores e os enganados.

Repórter: Muito obrigado.

Srila Prabhupada: Hare Krsna.



Revisão de Karunika devi dasi e Bhagavan dasa

Músicas para reflexão


Tantra Yoga – Bija Meditation

 

LISTA DE MÚSICAS:

01 Muladhara
02 Svadhisthana
03 Manipura
04 Anahata
05 Vishuddha
06 Ajna-Sahasrara
07 Alinhamento
08 Segundo
09 Chakras Dinamizacoes
DOWNLOAD


Mata Mandir Singh – The Yoga of Sound Self Healing

 

LISTA DE MUSICAS:

1. Ra Ma Da Sa Sa Say So Hung
2. Mera Baid
3. Guru Ram Das
4. Wha Yantee
DOWNLOAD

Snatam Kaur – Shanti

 

Muitos dos cânticos e mantras neste álbum foram escritos por Guru Nanak,o primeiro guru dos Sikhs, que viveram entre 1469-1538. Guru Nanak viajou a pé com seu discípulo, Mardana, por grande parte da Índia e outros países da Ásia.
Mardana veio de uma longa linhagem de músicos mestres.
Mardana tocava rabeca, um instrumento simples de cordas de origem persa. As pessoas vinham de longe atraídas pelo som celestial que ambos extraiam de seus instrumentos, numa atmosfera de puro êxtase e amor.

Lista de músicas:

01 Ek Ong Kaar (Destiny)
02 Dayndaa Day (Infinity)
03 Aakhan Jor (Acceptance)
04 Hariaa (Strength)
05 Suni-ai (Listening Meditation)
06 Suni-ai (Listening Celebration)
07 Guru Ram Das (Healing)
08 Ong Sohung (I am Thou, I am Peace)
Download


Prem Joshua – Taranga

 

Lista de músicas:

01. Mata Bharat
02. Bombay Railways
03. Song for Sayang
04. Song for seven Gods
05. Taranga
06. Ranga
07. Meherbani
Download


Prem Joshua – Dakini Lounge

 



Dave Dale & Nadaji – Mantra Rocks (2010)

 

Dave Dale,vencedor de um prêmio Grammy e colaborador de artistas como Colin Hay e Donna de Lory.
Dave nos apresenta sua guitarra e descobre novas formas de expressar o poder dos mantras. Junto aos vocais celestiais de Nadaji,criaram um som que traduz a sabedoria atemporal dos mantras para a linguagem do rock, revelando a potência emocional que reside nesses cantos sagrados de cura.

Lista de músicas

01. Om Namah Shivaya (3:52)
02. Narayana (5:42)
03. Gayatri Mantra (4:53)
04. Om Guru (4:19)
05. So’ham (6:49)
06. Om Shanti Om (5:11)
07. Lokah Samastah (6:17)
08. Hare Rama Hare Krishna (6:04)
Download

Al Gromer Khan – Sitar Secrets



Sitar Secrets é outro álbum hipnotizante do mestre do som meditativo,Al Gromer Khan.
Desta vez criando uma atmosfera sedutora e apaixonante ao som de ritmos intensos para nos envolver e encantar.

Download

Yoga Revolution

O primeiro CD da série “Revolução Yoga” apresenta uma incrível mistura de canções originais de estrelas da música internacional,reunidos para promover os benefícios da yoga, a música, e um estilo de vida saudável e equilibrada, e para apoiar programas de yoga e fitness para jovens carentes. Entre os artistas que contribuiram para o projeto estão,Sarah McLachlan, Ziggy Marley, Peter Gabriel, Michael Franti, Sheryl Crow, Krishna Das, Anjelique Kidjo, Seal & Guru Singh, Donna De Lory, Anoushka Shankar e Sting. Um trabalho interessante e bem original.
Download

Hein Braat – Surya Mantras


Download

Ali Akbar Khan and Pandit Mahapurush Misra – Signature Series – Vol. II


Download Parte 1

Download Parte 2

Ali Akbar Khan – Morning and Evening Ragas


Download

Dadawa


Download Parte 1

Download Parte 2

Senha: InfinityLove

Jai Uttal – Beggars and Saints


Download Parte 1

Download Parte 2

Senha: elmali

Third Man – Dream On


Download Parte 1
Download Parte 2


Hein Braat – Gayatri Mantra and Maha Mrityeonjaya Mantra


Download

Rasa – Rasa in Concert


Download
Senha: neosacred



Fragrance Of The East


Download 

Pandit Jasraj – Mahalakshmi

 

Álbum com recitagem de alguns mantras.
Download Parte 1

Karin Nobbs – Lumieres d’ete

 
LISTA DE MÚSICAS:

01 – Clarte celest.
02 – Le repos de la terre.
03 – Le chant du Zenith.
04 – Les chemins lumineux.
05 – Moments de soleil.
06 – La sieste du temps.
DOWNLOAD

 


Asian Healing Music



LISTA DE MÚSICAS:

01. Sunset Island from “ISLAND” HAE
02. KAJA (come from) from “BALI dua” JALAN JALAN
03. Sea Breeze from “UBUD dua” UBUD ….
04. Barong Forest from “BALI dua” JALAN JALAN
05. In The Garden After The Rain from “ANCIENT CITY”
06. By the Sea from “ISLAND” HAE
07. Nagi from “UBUD dua” UBUD
08. Ocean Blue from “BALI” JALAN JALAN
09. Daydream from “WINGS IN THE DAWN” Naoyuki Onda
10. Sun-set from “BALI” JALAN JALAN….
DOWNLOAD

Miori – I Have No Memory Of This Place – 2010


Em “Miori – I Have No Memory Of This Place”, somos turistas descendo a lugares quase que sobrenaturais da natureza. Música ambiente de primeiríssima linha. Mesmo em faixas mais dançantes como Vertice, sentimos uma atmosfera graciosa e sutil. A sensação de bem-estar e liberdade está presente em toda parte.
Mais uma rara oportunidade que temos de acompanhar o trabalho de um artista que une a simplicidade do ser com o Divino Supremo.
Download

The Rose Keller Project – The Divine Marquis


Com letras em inglês e francês, o novo projeto musical “A ROSA DE KELLER – O DIVINO MARQUÊS”, nos coloca em um mundo enigmático. A música é sensual e elegante, por vezes escura e nostalgica. Mas a situação a qual nos remete é inteiramente intima e eterna.
Donwload

The Essential Guide To Yoga


Coletânea de 3 cd’s com influências orientais e celtas que nos proporciona uma fácil introdução ao mundo da Yoga e a todos os benefícios que sua prática nos fornece.

Lista de Músicas:

Disco: 1 (Relaxation)

[01]. Contemplation
[02]. Whispers
[03]. Believe
[04]. Romany Song
[05]. Summer Sky
[06]. Dream Walker
[07]. Cascade
[08]. Moonlight Opera
[09]. Dreamers
[10]. Oriental Sunset
[11]. Mystic Shadows

Disco: 2 (Celtic Chillout)

[01]. Highland Peace
[02]. Warm Caress
[03]. Walking Eden
[04]. Ripples of Light
[05]. Falling into Poetry
[06]. Over the Morning Mist
[07]. Eden’s Slumber
[08]. Pools of Time

Disco: 3 (Eastern Promise)

[01]. Choosing the Divine
[02]. Eternal Sattva
[03]. Song Charm
[04]. Embracing Resonance
[05]. Unhindered Way
[06]. When the Chime Chimes
[07]. Silent Dialogue
[08]. While the Wind Blows

Download CD 1

Download CD 2

Download CD 3

Krishna Das – Pilgrim Heart (1998)


A música de Krishna Das é uma expressão resultante de mais de 20 anos vivendo e viajando pela Índia. Apesar de se manter fiel à tradição Bhatki Yoga, a música de Krishna Das é energizada com grooves Ocidentais para criar um canto indiano que é perfeitamente acessível para o mundo Ocidental. Pilgrim Heart traz duas canções com a participação de Sting.

1. Namah Shivaya
2. Govinda Hare
3. Mountain Hare Krishna
4. Mahamantra Meltdown
5. Hara Hara Mahadev
6. Kalabinashini Kali
7. Mother Song
8. Devi Puja
9. Jaya Jagatambe
10. Yah Devi
11. Devi “rave”
12. The Ring Song

Download:
Uploading

Easy Share



Imee Ooi – Great Mercy Mantra (2011)


1. The Great Mercy Mantra Chanting (25:02)
2. The Great Mercy Mantra Chanting (24:58)

Download:
Uploading
Easy Share






Imee Ooi – Guan Yin Bodhisattva


01.Guan Yin Bodhisattva, Part 1 [26:55]
02.Guan Yin Bodhisattva, Part 2 [27:04]

Imee Ooi – Diamond Sutra

01.The Diamond Sutra, Part 1 [8:23]
02.The Diamond Sutra, Part 2 [1:54]
03.The Diamond Sutra, Part 3 [6:20]
04.The Diamond Sutra, Part 4 [7:50]
05.The Diamond Sutra, Part 5 [9:17]
06.The Diamond Sutra, Part 6 [4:25]
07.The Diamond Sutra, Part 7 [8:59]
08.The Diamond Sutra, Part 8 [5:18]

Download:
Uploading

Easy Share

Imee Ooi – Goddess Of Mercy


01. Chantin music of the eleven-faced Avalokitesvara (tranguil version female vocal)
02. Chantin music of the eleven-faced Avalokitesvara (mindful version male and female vocals)

Download:
Uploading

Easy Share

Phil Thornton – Native American Chants (2002)


1. Chant [07:15]
2. Grey Owl’s lodge [04:37]
3. Before the rain [04:38]
4. Kindred of the wild [06:18]
5. Turtle’s song [06:01]
6. Earth and water [11:16]
7. Anahareo [08:15]
8. White rock [08:39]
9. Wa-Sha-Quon-Asin [01:40]

Download:
Uploading

Easy Share

Marco Schultz – Simplesmente Satsang Vol 2


1 – Hari om tat sat
2 – Jaya shiva shambo
3 – Jaya ganesh deva
4 – Radhe govinda
5 – Calix bento
6 – Rama
7 – Fly so high
8 – Divina mãe
9 – Hare krishna
10 – Fluir (instrumental)

Download:
Uploading

Easy Share

Rasa – Temple of Love (2006)


01 – Jaya Radhe
02 – Adaram Madhuram
03 – Sundara Mor
04 – Doya Koro
05 – Parama Karuna
06 – Om Purnam
07 – Srita Kamala
08 – He Krishna
09 – Return

Download:
Uploading

Easy Share

Semente Cristal – Semente Cristal (2008)


 

Download:
Uploading

Easy Share

André Rocha – Prana (2000)


1. Prana dos Ventos
2. Prana do Sol da Manhã
3. Prana das Águas da Lagoa
4. Prana das Marés
5. Prana das Árvores
6. Prana do Sol da tarde
7. Prana da Lua sobre a lagoa
8. Prana da Terra
9. Prana da Vida

Tomaz Lima- Homem de Bem – Mantras e Bhajans de Estrela Guia(2001)


01 – Estrela-guia
02 – Hari Om
03 – Bhaja Sri Krishna
04 – Paz, Amor E Harmonia
05 – Alegria
06 – Gurudeva
07 – Espírito E Natureza
08 – Tu És Minha Vida
09 – Jaya Ganesha
10 – Os Quatro Elementos
11 – Canção Do Swami Ram Tirtha
12 – Guru Sharanam
13 – Amrita
14 – Madana Mohana Murari

Download:
Uploading

Easy Share

Gila Antara – Moondance


1. Return 4:48
2. Spirit of the Wind 10:03
3. Let the New in 9:39
4. Aja – Morning Call 7:50
5. Fill Me 9:15
6. There is no Rush 8:30
7. Moondance 5:25
8. Song-Weaving 1:56
9. Clouds in the Sky 4:46
10. All Winds Blow 6:00
11. Let me be Close 6:30
12.Into the Silence 5:25

Download:
Uploading

Easy Share

Lisa Thiel – Invocation Of The Graces (1997)


Invocation Of The Graces
Hearth Blessing
Song To Brighid
Triple Goddess Blessing
Gaelic Prayer
Jewel Of The Night (Chant)
Jewel Of The Night
Faery Song
Blessings Of The Animals
Seafarers Prayer
Healing Power Of The Green
Daughter Of The Elements
Earth Joy Dance
Sacred Ancestors Chant

Download:
Uploading

Easy Share

Sangit Om – The Spirit Of Tai Chi (2006)


01 – West (Tui)
02 – East (Chen)
03 – South (Li)
04 – North (Kan)

Download:
Uploading

Easy Share

Llewellyn – Tai Chi Vol. 2 (Mind, Body, Soul Series) (2000)


1. Tai Chi (Chuan) 22:48
2. Elements 25:25

Download:
Uploading

Vários – World Hindu Chants (2011)


Song 01. Gayathri Mantra : Traditional Namaste

Song 02. Narayana : Traditional
Song 03. Govinda Jai Jai (Traditional) : Chinmaya Dunster, Gerhard Frankheuser
Song 04. Durga : Tulku Feat. Gina Sala, Sita Jamieson
Song 05. Maha : Dr. Freedom Freedom
Song 06. Hari Bol : Chinmaya Dunster, Gerhard Frankheuser
Song 07. Om Sree Ram : Traditional Namasthe
Song 08. Radha Ramana : Tulku Feat. Jai Uttal
Song 09. Namah Shivaya : Chinmaya Dunster, Frankheuser Gerhard
Song 10. Ram : Dr. Freedom Freedom
Song 11. Om Jai Jagdish Hare : Chinmaya Dunster, Gerhard Frankheuser

Download:
Uploading

Easy Share


Kitaro ( albums )

Kitaro – The Definitive Collection (2008)

 

01- Planet
02- Kuu
03- Wave Of Sand
04- Mercury
05- Field
06- Caravansary
07- Floating Lotus
08- Spirit Of Harp
09- Oasis
10- Nageki

Download:

Uploading
Easy Share

Kitaro – Ancient

Kitaro – Sacred Journey Of Ku-Kai Vol.01


Download Parte 1
Download Parte 2

Kitaro – Sacred Journey Of Ku-Kai Vol.02

   

Download Parte 1
Download Parte 2

Kitaro – The Light of the Spirit

 

Download
Senha: elmali

Kitaro – Spiritual Garden

 

Download Parte 1
Download Parte 2
Senha: elmali

Kitaro – Peace On Earth

 

Download

Kitaro – An Enchanted Evening.


 
Download Parte 1
Download Parte 2
Senha: 7002

Kitaro – TUNHUANG


 
Download
Senha: 6002




Kitaro – Grammy Nominated (2010)

 
01. Spirit Of The West Lake 06:09

02. Estrella 04:21
03. Itonami 05:50
04. As The Wind Blows 05:03
05. The Field 04:54
06. Koi 06:31
07. Main Theme Nile, Version II 03:51
08. A Passage Of Life 08:05
09. Into The Forest 05:45
10. Dance Of Sarasvati 06:44
11. Kuu 05:06
12. Misty 04:24
13. Heaven And Earth 10:51

Download:
Uploading

Easy Share

RAVI SHANKAR & ALI AKBAR KHAN ( musica )

RAVI SHANKAR & ALI AKBAR KHAN – From India
 
Sitar: Ravi Shankar
Sarod: Ali Akbar Khan
Tabla: Kanall Dutta & Alla Rakah
Tamboura: Nodu C. Mullick, Ashish Kumar & Kamala Chakravarty
 
Faixas:  
01 – Raga Palas Kafi
02 – Raga Bilashkani Todi
03 – Bangla Dhun

 

download

Ragas ( musica )

Ali Akbar Khan & Pandit Mahapurush Misra – Signature Series – Vol. II


Download Parte 1


Download Parte 2


Aashish Khan – Rainy Season Ragas


1. Raag DESH MALHAR Alap Jod & Jhala
2. Raag MIAN KI MALHAR Madhya Gat in Teental
3. Raag MALIKA Drut Gat in Teental

Ashish Khan: Sarod
Zakir Hussain: Tabla
Download

O Que as Escrituras Falam Sobre Prabhupada


Jagat Guru (Guru do Universo) – Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada



Por Sua Santidade Lokanatha Swami


O Brahma-vaivarta Purana, uma antiga escritura, descreve uma conversa que
aconteceu em Dwaraka entre o Senhor Sri Krishna e Ganga devi. Falando em nome de todos os rios sagrados, Ganga devi expressou todo o seu temor com a chegada da Kali yuga (a Era das desavenças) e a eminente partida do Senhor de volta ao mundo espiritual. Ela disse: “Ó Senhor, podemos ver que Seus passatempos estão para terminar e que as pessoas estão ficando cada vez mais e mais materialistas. O Senhor tem sido muito misericordioso para conosco, no entanto, após Sua partida, todos os pecadores de Kali yuga virão se banhar em nossas águas e secaremos, tomadas pelas reações pecaminosas”. Sorrindo, o Senhor Krishna respondeu: “Tenha paciência…daqui a cinco mil anos o Meu “mantra upasaka” (adorador do santo nome) vai aparecer neste mundo e difundir o canto do Meu santo nome em toda parte. Não apenas em Bharata-varsa (Índia), mas em todo o mundo as pessoas cantarão:
HARE KRISHNA HARE KRISHNA KRISHNA KRISHNA HARE HARE / HARE RAMA HARE RAMA RAMA RAMA HARE HARE. Através desse canto o mundo inteiro vai se tornar Hari-bhakta, devoto do Senhor Hari(Krishna ou Deus). E porque os devotos do Senhor Hari são muito puros, todos aqueles que tiverem contato com esses devotos irão se purificar das reações pecaminosas. Esses devotos puros irão visitar Bharata-varsa e purificá-la de todas as reações pecaminosas ao se banharem em suas águas sagradas. Esse período de se cantar HARE KRISHNA no mundo inteiro vai durar dez mil anos”. Esse mantra-upasaka é Srila Prabhupada. Ele próprio dizia frequentemente que haveria um período de dez mil anos, uma era dourada, dentro de Kali-yuga, quando todo o mundo seria consciente de Krishna. 
Em outro livro, chamado Chaitanya-mangala, está dito que Narada Muni, enquanto visitava o mundo espiritual, chegou até o Senhor Gouranga. O Senhor lhe contou de Sua missão para destruir as atividades pecaminosas da era de Kali: “Com o machado poderoso do nama-sankirtana (o canto congregacional dos santos nomes de Deus), Eu vou cortar os duros nós dos desejos demoníacos dos corações de todos. Mesmo se os pecadores rejeitarem a religião ou fugirem para países estrangeiros, ainda assim eles vão obter a Minha misericórdia. Eu mandarei Mor-senapati-bhakta para lá e dessa maneira vou liberá-los”. Mor significa “Meu”, senapati significa “comandante geral” e bhakta, “devoto”. Mor-senapati-bhakta refere-se, assim, ao devoto que vai liderar o exército do Senhor Chaitanya ou, em outras palavras, o devoto a quem o Senhor Chaitanya vai dotar de poder para difundir a consciência de Krishna em todo o mundo. Esse comandante do exército de sankirtana é Srila Prabhupada.
Os shastras (escrituras sagradas) revelam a posição extraordinária de Srila Prabhupada como o acharya (aquele que ensina através do próprio exemplo) para a era dourada. 
Durante milhares de anos foram feitos preparativos para a chegada de Srila Prabhupada. O próprio Senhor Chaitanya teve um papel importante, arrumando e ajustando tudo, e os acharyas anteriores estiveram todos muito ocupados à medida que se aproximava a chegada de Srila Prabhupada. 
Há uma analogia que explica, resumidamente, a posição de Srila Prabhupada, usando-se o exemplo do arco e flexa: as quatro curvaturas do arco representam as quatro sampradayas vaishnavas e Sri Chaitanya Mahaprabhu é a corda que as une. Sem a corda o arco fica inútil. O Senhor Chaitanya veio e esticou a corda. Por fim, era necessária uma flecha, junto com a mira apropriada para atirá-la. De um modo geral, uma flecha tem penas em suas extremidades, que ajudam a direcioná-la. Neste caso, os seis Goswamis representam as penas. A haste da flecha é a Gaudya Matha, com seus 64 templos estabelecidos por Srila Bhaktisidhanta Sarasvati Maharaja. O último elemento é a ponta afiada. Essa ponta é Om Vishnupada Paramahamsa Parivrajakacharya Asttotara-sata Sri Srimad Abhay Charanaravindam Bhaktivedanta Swami Prabhupada. Essa é parte da flecha que perfura o alvo e alcança a meta. Essa meta são todas as vilas e cidades. Srila Prabhupada fundou a ISKCON (International Society for Krishna Counciousness). Ele fez o trabalho de base, é o fundador-acharya e devemos compreender essa sua posição. Alguns ou talvez todos os problemas que surgiram em nosso movimento depois que Srila Prabhupada partiu têm sua origem em não compreendermos corretamente essa posição do fundador-acharya. 
Uma escritura da Sri-sampradaya chamada Prapannamata Tapana explica que um fundador-acharya é conhecido por cinco sintomas: 

Primeiro, ele é udarikah, que quedizer que ele é o salvador de todos. O Prapannamata Tapana continua e explica que aqueles que aparecerem após o fundador-acharya na sucessão discipular, que agem como mestres espirituais, são uparika, seus ajudadantes. Eles nunca devem ser igualados ao fundador-acharya, mesmo após centenas de gerações.


Segundo, ele é dinabhayah. Dinah quer dizer “muito caído”, e abhaya quer dizer “destemido”. O fundador-acharya remove o medo de todas as almas caídas através de seus ensinamentos, cuja natureza é fazer com que todos, em toda a parte, que se abrigarem nele serão destemidos.


Terceiro, ele dá significado às escrituras realçando o sidhanta vaishnava, tais como o Bhagavad-gita e o Srimad Bhagavatam, e os torna disponíveis no mundo na forma de maha-granta, ou grandes livros.


Quarto, ele também dá significados às canções dos acharyas vaishnavas.


Quinto, seu nome fica identificado com a filosofia do próprio Senhor Vishnu.


A posição de Srila Prabhupada como fundador-acharya da ISKCON corresponde
exatamente à essa antiga definição de fundador-acharya. Estabelecer uma relação com um mestre espiritual na linha de Srila Prabhupada significa, antes de mais nada, estabelecer uma relação com Prabhupada como fundador-acharya. No mundo de hoje, especialmente na Índia, o título de yuga-acharya é disputado por muitos. Yuga-acharya quer dizer o “acharya para esta era”. Naturalmente, parece que se aplica bem a Srila Prabhupada. No entanto, se considerarmos o futuro brilhante que espera o movimento para a consciência de Krishna, de acordo com as predições das escrituras, devemos ver o título de fundador-acharya da ISKCON como o mais apropriado para Srila Prabhupada. A era atual é apenas o começo para a ISKCON. A sociedade tem apenas 30 anos de idade, e o nosso universo da ISKCON não é tão vasto, mas à medida em que a ISKCON continuar crescendo nas próximas centenas e milhares de anos e o movimento de sankirtana alcançar todas as vilas e cidades, a fama de Srila Prabhupada como fundador-acharya da ISKCON vai prevalecer por todo o mundo. Os vaishnavas são famosos como para-duhkha-duhkhi. À medida que a pregação aumentar, a fama de Srila Prabhupada vai aumentar ilimitadamente.


Por Sua Santidade Lokanatha Swami

Fonte: Google Groups – Amigos de Krishna. Enviado por Rocana Krishna Das e Gustavo Medina. 

 

B.K.S. Iyengar – "the Ultimate Freedom"(doc)

B.K.S. Iyengar no documentário “The Ultimate Freedom”( A liberdade suprema ).

.

Krishnamacarya

*** Krishnamacharya (1938). O maior mestre de Yoga Sri Krishnamacharya, o Guru de  B.K.S. Iyengar e Pattabhi Jois, demonstra a asana e pranayama. Gravado em 1938, filme preto e branco. Raridade.